Última hora

Última hora

Trabalhistas de Israel sofrem maior derrota de sempre

Em leitura:

Trabalhistas de Israel sofrem maior derrota de sempre

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez, o partido trabalhista de Israel passou para a oposição. Perdeu votos, perdeu deputados, já não tem representação suficiente para fazer parte de uma coligação, seja ela qual for. O líder trabalhista, Ehud Barak, diz que passar para a oposição não é tão grave como parece e promete mais empenhamento no futuro. É o pior resultado de sempre do partido trabalhista, formação fundada por David Ben Gurion em 1960. Desde então, os trabalhistas estiveram sempre no executivo.

Foi com o líder Itzak Rabin, antigo primeiro-ministro israelita, que os trabalhistas assinaram os acordos de paz com os palestinianos nos anos 90. Rabin foi assassinado por um judeu extremista em 1995.

Barak foi primeiro-ministro entre 99 e 2001. O partido que lidera terá apenas 13 lugares no parlamento.