Última hora

Última hora

Madrid anuncia cortes nas despesas correntes

Em leitura:

Madrid anuncia cortes nas despesas correntes

Tamanho do texto Aa Aa

Espanha vai cortar nas despesas correntes do Estado para reduzir o défice público. O anúncio foi feito, esta terça-feira, pelo chefe de Governo perante o Congresso. José Luis Rodriguez Zapatero fala de um corte de 1,5 mil milhões de euros. Uma verba que vai ser canalizado para resolver problemas de ordem social.

Zapatero garante que os trabalhadores espanhóis são a grande prioridade. O objectivo, adianta, “é aumentar os benefícios de desemprego, independentemente, da evolução da situação do mercado de trabalho.” Segundo a Comissão Europeia a taxa de desemprego em Espanha ultrapassa os 14% e as previsões são pouco animadoras. Estima-se que até 2010 possa chegar aos 20 pontos percentuais. Os imigrantes são os primeiros a sentir os efeitos da crise. Um equatoriano afirma estar à procura de emprego, dentro e fora de Madrid, há já três meses. Como não consegue encontrar trabalho vai regressar ao país natal. Cerca de cinco milhões de imigrantes chegaram a Espanha na última década atraídos, sobretudo, pelo pelo boom no sector construção civil. Foi o caso de mais de trinta mil portugueses, que estão agora de regresso a casa.