Última hora

Última hora

Choque no espaço

Em leitura:

Choque no espaço

Tamanho do texto Aa Aa

Dois satélites de comunicação – um da Rússia e um dos Estados Unidos – colidiram no espaço.

O choque, o primeiro deste género entre satélites ocorreu a cerca de 780 km acima do território da Sibéria. Um dos equipamentos pertencia à companhia americana Iridium e orbitava em alta velocidade quando bateu contra o engenho russo desactivado. De acordo com Alexader Golts, um analista miltar independente “desde há meio século de explorações espaciais um grande número de objectos foram deixados para trás, hoje entre 18 a 20 mil de todo o tipo andam por aí”. Segundo a Nasa, o impacto produziu uma gigantesca “nuvem” de estilhaços, que poderiam atingir e até destruir outros satélites. Mas, de acordo com a agência americana, o risco para a Estação Espacial Internacional e os seus três astronautas é pequeno, já que ela orbita a Terra a uma distância de 435 km abaixo da rota da colisão.