Última hora

Última hora

PP espanhol diz-se envolvido numa trama externa ao partido

Em leitura:

PP espanhol diz-se envolvido numa trama externa ao partido

Tamanho do texto Aa Aa

A principal força da oposição em Espanha está envolvida num escândalo que relaciona vários dos seus responsáveis, incluindo autarcas e ex-autarcas, com uma rede de corrupção e espionagem interna. O caso tem já 37 arguidos e envolve as regiões de Madrid e de Valência.

O líder do Partido Popular espanhol afirma que esta trama não foi concebida pelo PP mas contra o PP e acrescenta que este caso fará danos irreparáveis às pessoas visadas. Entretanto o principal partido da oposição rompeu relações com o Ministro da Justiça e com o Juiz Baltazar Garçon. O PP afirma ser “eticamente lamentável” que Mariano Fernández Bermejo e este juiz tenham estado juntos durante o fim-de-semana e pede explicações. Baltazar Garçon está a investigar um suposto caso de corrupção que envolve o Partido Popular. O presidente do PP, anunciou hoje que, além de “romper todo o diálogo” com o ministro, o Partido Popular vai pedir o afastamento do juiz Baltasar Garzón do processo de instrução. As acusações ao Partido Popular surgem a menos de um mês das eleições na Galiza e País Basco. O PP acredita que esta é uma manobra que pretende dificultar a vida do partido que pretende recuperar os votos que perdeu na Galiza nas últimas eleições.