Última hora

Última hora

Diáspora curda exige libertação do líder do PKK

Em leitura:

Diáspora curda exige libertação do líder do PKK

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de curdos voltaram a manifestar-se em Estrasburgo para exigir ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos a libertação de Abdullah Ocalan.

Há dez anos que a diáspora espalhada pela Europa se junta naquela cidade para protestar contra a detenção do líder e fundador do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão. O aniversário da captura de Ocalan também foi assinalado pela comunidade curda da Turquia onde a polícia usou canhões de água para dispersar uma manifestação na cidade de Batman, no Sudeste do país. O antigo líder curdo foi capturado no Quénia em 1999 na sequência de uma operação conjunta entre os serviços secretos curdos e norte-americanos. No mesmo ano Ocalan foi transferido para solo turco onde foi julgado e condenado à morte por separatismo. A pena viria sa ser comutada em prisão perpétua em 2002 depois de a Turquia ter abolido a pena capital no país.