Última hora

Última hora

Recessão japonesa comparável a crise de há 35 anos

Em leitura:

Recessão japonesa comparável a crise de há 35 anos

Tamanho do texto Aa Aa

A economia japonesa sofreu uma contracção no quarto trimestre do ano passado de 3,3 por cento. É o pior resultado desde o choque petrolífero em 1974. Na base dos maus resultados está, para além da crise mundial, a descida abrupta nas exportações.

Para este ano, os analistas não se atrevem a ser optimistas e garantem que a curto prazo não deverá haver melhorias. Aliás, as previsões apontam para probabilidade de uma queda superior de 10 por cento no produto interno bruto. O ministro japonês da economia justifica o cenário negro com o que se passa também noutros países como os Estados Unidos, e conclui que o Japão não consegue escapar à crise no crédito. Promete estudar soluções , e lembra que se trata da maior recessão do pós-guerra. A bolsa de Tóquio fechou em baixa ligeira. O governo anunciou já dois planos de relançamento económico. Qualquer um deles demorou a ser aprovado pois o executivo controla apenas uma das duas câmaras do parlamento.