Última hora

Última hora

Começa julgamento histórico de ex-líder do Khmer Vermelho

Em leitura:

Começa julgamento histórico de ex-líder do Khmer Vermelho

Tamanho do texto Aa Aa

Trinta anos depois da queda de Pol Pot, tem início o primeiro julgamento de um ex-dirigente do Khmer Vermelho.

O antigo chefe dos torturadores do regime, Kaing Guek Eav – conhecido como “Duch” – é julgado por crimes de guerra e crimes contra a humanidade. Um sobrevivente dos campos de tortura explica que “é um dia importante” e que pretende “testemunhar a vontade de ‘Duch’ para dizer a verdade”. O julgamento decorre num tribunal cambojano patrocinado pelas Nações Unidas. “Duch”, agora com 66 anos, é o primeiro de cinco antigos dirigentes do Khmer Vermelho que serão julgados pelas atrocidades que resultaram em perto de dois milhões de mortes. Nos anos 70, “Duch” dirigiu o centro de interrogatórios S-21 em Phnom Penh, onde mais de 12 mil pessoas foram torturadas e assassinadas pelo aparelho repressivo do regime de Pol Pot. O campo, também conhecido pelo nome de Tuol Sleng, foi convertido em Museu do Genocídio.