Última hora

Última hora

Obama distribui "bodo" económico

Em leitura:

Obama distribui "bodo" económico

Tamanho do texto Aa Aa

Os americanos esperam que o plano robusteça a economia norte-americana em plena recessão, mas não terá efeitos tão rápidos como os desejados.

Em termos genéricos os 787 mil milhões de dólares do plano dividem-se em duas vertentes: por um lado, o relançamento do consumo através de uma redução de impostos de 287 mil milhões de euros, por outro lado a criação de postos de trabalho através do investimento na construção de novas infraestruturas. A administração Obama aposta na construção e melhoria das infraestruturas de saúde e educação para além de um forte incentivo às energias alternativas. Os projectos a desenvolver deverão criar cerca de 3,5 milhões de empregos. Neste pacote de medidas, está previsto um plano de acção contra a crise imobiliária, que o presidente apresentará esta quarta-feira, em Phoenix. O montante ainda não foi divulgado, mas alguns analistas consideram já que ele não será suficiente e que o presidente deverá ser obrigado a pedir reforço de verbas ao congresso. Em simultâneo está em curso o plano de ajuda ao sistema financeiro, nomeadamente com a criação de uma estrutura de capitais mistos – públicos e privados – dotada de 500 mil milhões de dólares para absorver os capitais tóxicos dos bancos.