Última hora

Última hora

Jornalista iraquiano pede asilo à Suíça

Em leitura:

Jornalista iraquiano pede asilo à Suíça

Tamanho do texto Aa Aa

Antes de ser julgado no Iraque, o jornalista que agrediu George W. Bush com os sapatos pede asilo político à Suíça.

O julgamento de Muntazer al-Zaidi deveria ter começado hoje em Bagdade, mas no início da audiência, a defesa pediu a presença de peritos para analisar o seu gesto e o julgamento foi adiado para o dia 12 de Março. A equipa de 25 advogados de al-Zaidi vai tentar que os peritos expliquem que houve razões psicológicas, sociais e políticas que justificam o seu gesto. Um gesto de recusa da ocupação. Um dos advogados, Ghlib Mohamed, afirma que “o adiamento do processo vai ter influência no caso porque o tribunal vai querer fazer justiça e o sistema judiciário é independente e ninguém pode influenciar as suas decisões.” Apesar de o jornalista ter sido aclamado, há muitos iraquianos que pensam que procedeu mal, que violou as regras da hospitalidade e que deve ser julgado Se al-Zaidi for considerado culpado do crime de agressão caracterizada arrisca uma pena de cinco a quinze anos de prisão.