Última hora

Última hora

Libertado líder da oposição laica egípcia

Em leitura:

Libertado líder da oposição laica egípcia

Tamanho do texto Aa Aa

O líder da oposição egípcia Ayman Nour foi libertado após cumprir três anos de prisão.

Segundo fontes da Justiça, o jurista de 44 anos – que sofre de diabetes – foi posto em liberdade por motivos de saúde. A esposa de Nour disse que o marido pretende retomar a direcção do partido laico Al-Ghad. Nour explicou que foi libertado “incondicionalmente, sem qualquer acordo com o Governo. Não teria aceitado nenhum acordo”. Acrescenta que está “bastante feliz pela libertação e isso vai reflectir-se positivamente no partido Al-Ghad e na sua liberdade política”. O líder da oposição foi condenado em 2005 a cinco anos de prisão por fraude, pouco depois de ter obtido uma distante segunda posição atrás de Hosni Mubarak na primeira eleição presidencial pluralista no Egipto. Nour não pode recandidatar-se a um cargo público sem ser agraciado pelo presidente.