Última hora

Última hora

Quirguistão aprova fecho da base militar norte-americana de Manás

Em leitura:

Quirguistão aprova fecho da base militar norte-americana de Manás

Tamanho do texto Aa Aa

As tropas norte-americanas têm que deixar o Quirguistão dentro de 180 dias.

O parlamento quirguize aprovou o encerramento da base de Manás, que serve de apoio à missão da NATO no Afeganistão. A decisão afecta por isso mais 11 países; foi aprovada com 78 votos a favor num total de 90 deputados. Os opositores acusam o chefe de Estado de pôr em causa os interesses nacionais e o equilíbrio geoestratégico da região. Na base de Manás há pouco mais de um milhar de soldados estacionados desde 2001, altura em que o presidente Askar Akayév cedeu a estrutura aos Estados Unidos para a a operação anti-terrorista contra o vizinho Afeganistão. A estrutura ganhou particular importância em 2005 quando os norte-americanos abandonaram a base de Karshi-Janabad, no Uzebequistão. A intenção de encerrar a Base de Manás foi anunciada há 15 dias, na mesma altura em que Moscovo concedeu um crédito a Biskek de dois mil milhões de dólares. A Rússia negou que o crédito disponibilizado tenha a ver com a base militar norte-americana. A NATO terá agora seis meses para definir rotas alternativas para as operações no Afeganistão.