Última hora

Última hora

Karadzic acusado de duplo genocídeo

Em leitura:

Karadzic acusado de duplo genocídeo

Tamanho do texto Aa Aa

Radovan Karadzic, o antigo chefe sérvio da Bósnia, viu a sua acusação ampliada, pelos procuradores do Tribunal Penal Internacional que o consideram responsável por dois crimes de genocídio.

A acusação falava de um único crime. Mas os promotores corrigiram e acusam-no de responsabilidade, num primeiro genocídeo, os crimes de guerra cometidos em 1992, na Bósnia-Herzegovina. A segunda acusação refere-se ao massacre de Srebernica, em Julho de 1995. Os dois procuradores que subscrevem a acusação apontam-no ainda pela violação da Convenção de Genebra, sobre crimes de guerra. Karadzic, de 63 anos, teve a primeira acusação em 2000, que já tinha sido revista em 2008. Ele próprio assegura sua defesa. Esta sexta-feira, será de novo ouvido pelo colectivo de juízes. Os magistrados vão-lhe perguntar se se considera culpado dos crimes que lhe são imputados.