Última hora

Última hora

Lafarge e Saint-Gobain vítimas da crise

Em leitura:

Lafarge e Saint-Gobain vítimas da crise

Tamanho do texto Aa Aa

A crise na construção civil está a reflectir-se nas contas de duas das maiores empresas europeias de materiais, a Lafarge e a Saint-Gobain, ambas francesas. Os dois grupos estão a sofrer com o marasmo que o sector vive. No ano passado, a construção teve a maior quebra em 13 anos.

Por isso, contra situações excepcionais, prevêem medidas excepcionais. A Lafarge, número um mundial do cimento, anunciou um aumento de capital de 1,5 mil milhões de euros, como forma de reduzir as dívidas, que quase duplicaram no ano passado. No entanto, o grupo teve uma subida, embora ligeira, nos lucros. Também a Saint-Gobain, líder mundial dos materiais de construção, vai fazer um aumento de capital, igualmente de 1,5 mil milhões de euros, depois de uma queda dos lucros em 2008. O grupo vai também continuar a reduzir os quadros. No ano passado, cortou 8000 empregos.