Última hora

Última hora

PE aprova penalização dos patrões de trabalhadores clandestinos

Em leitura:

PE aprova penalização dos patrões de trabalhadores clandestinos

Tamanho do texto Aa Aa

Protecção dos trabalhadores clandestinos e penalização dos patrões que os empreguem. É para este cenário que caminha a União Europeia, na sua luta contra a imigração ilegal.

A nova directiva prevê um leque de sanções administrativas e financeiras, ou mesmo penais, nos casos mais graves de reincidência, ou de emprego de menores ou de vítimas de tráfico de seres humanos. Aprovada por larga maioria, esta semana pelo Parlamento Europeu, a proposta de Bruxelas prevê ainda que os clandestinos que denunciem os patrões tenham direito a uma autorização de residência provisória. A directiva deve entrar em vigor em 2011. Actualmente, apenas 19 Estados membros aplicam sanções penais e os valores das multas existentes são muito variáveis. Estima-se que entre quatro milhões e meio e oito milhões de sem-papéis trabalhem ilegalmente na construção civil, na hotelaria e na agricultura da União Europeia.