Última hora

Última hora

Encerramento da base militar americana pode criar crise social no Quirguistão

Em leitura:

Encerramento da base militar americana pode criar crise social no Quirguistão

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do parlamento do Quirguistão decidir encerrar a base militar norte-americana começam as preocupações sociais.

O Quirguistão está irredutível e notificou Washington de que as tropas têm seis meses para abandonarem o país. Mas a saída dos americanos pode ter consequências negativas para a região. È que a base militar dos estados unidos, instalada em solo do Quirguiz, dá emprego a muitas pessoas e alimenta toda a rede comercial da zona. Entre aspectos positivos e negativos as opiniões dividem-se… “Talvez os trabalhos disponíveis na base fossem bons. Mas há coisas para além disso, o terrorismo e os ataques a civis. Não me parecem que os sinais fossem positivos.” Do outro lado os populares preocupam-se com os seus empregos e com a falta de novas oportunidades no país… “Vai ser difícil para nós. Se a base encerrar muitas pessoas vão ter que procurar novos empregos e não há muito emprego disponível na cidade.” Apesar do Quirguistão garantir que não há volta a dar, os Estados Unidos acreditam na obtenção de um acordo. Com ou sem consenso os norte-americanos já enviaram tropas para o Afeganistão e procuram outras locais alternativos.