Última hora

Última hora

Hilary Clinton visita à China

Em leitura:

Hilary Clinton visita à China

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos e a China podem ajudar o mundo a recuperar da crise económica quem o afirma é Hilary Clinton.

A secretária de estado norte-americana está em Pequim, na última etapa de um périplo de uma semana pela Ásia. Antes de se encontrar com o Primeiro-ministro chinês, Hilary falou da importância de um trabalho conjunto entre os dois países. E garantiu que os Estados Unidos estão empenhados em manter um compromisso de cooperação com a China que considera importante para a paz, progresso e prosperidade dos dois países e de todo o mundo. Na agenda de Hillary Clinton estão, para além da crise financeira global, as alterações climáticas, a cooperação militar e o crescente excedente comercial sino-norte-americano. Apesar das divergências politicas, as economias dos dois países estão hoje profundamente ligadas e, em Outubro de 2008, a China tornou-se o maior detentor de títulos de tesouro dos Estados Unidos, à frente do Japão. Entretanto as organizações de direitos humanos, mostraram-se decepcionadas com a forma como a secretária de estado dos Estados Unidos tratou a questão dos direitos humanos. Hilary Clinton afirmou que as administrações norte-americanas vão continuar a pressionar os governos chineses mas isso não deve ocultar outras questões.