Última hora

Última hora

Líderes europeus reunidos para falar da crise antes do G20

Em leitura:

Líderes europeus reunidos para falar da crise antes do G20

Tamanho do texto Aa Aa

Os chefes de Estado e de governo dos quatro países europeus do G20 (Alemanha, França, Grã-Bretanha e Itália) reunem em Berlim para preparar o encontro das 20 potências económicas mundiais prevista para o dia 2 de Abril em Londres.

Angela Merkel quer que as regras internacionais dos mercados financeiros sejam reforçadas, principalmente as regras dos fundos especulativos (hedge funds) e o aperfeiçoamento do trabalho das agências de classificação para evitar que a crise financeira internacional se repita. Berlim defende ainda a criação de um “atlas de riscos”, uma espécie de mapa que permitiria analisar em tempo real a evolução dos riscos em escala internacional para detectar rapidamente os perigos. O presidente francês, Nicolas Sarkozy, pediu aos países do G20 que adoptem “verdadeiras respostas” para regular os mercados financeiros, advertindo também que Paris não aceitará um “compromisso pouco ambiciosos. O governo britânico mostrou também a sua posição. O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, quer que as nações europeias coordenem melhor seus planos de apoio à economia antes da cimeira.