Última hora

Última hora

Ex-detido de Guatánamo de regresso ao Reino Unido

Em leitura:

Ex-detido de Guatánamo de regresso ao Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro prisioneiro libertado de Guantánamo da era Obama.

Depois de quatro anos detido na prisão norte-americana para suspeitos de terrorismo em Cuba, o etíope Binyam Mohamed chegou hoje ao Reino Unido, país onde espera recuperar o seu antigo estatuto de residente. As autoridades norte-americanas retiraram há quatro meses as acusações contra Mohamed. O chefe da diplomacia britânica, David Miliband, felicita “o compromisso de Barack Obama com o fecho de Guantánamo” e vê “o regresso de Binyam Mohamed como o primeiro passo em direcção a esse objectivo comum”. Mohamed e a sua equipa de advogados acusam os serviços secretos britânicos de cumplicidade na tortura a que alega ter sido submetido após a detenção no Paquistão em 2002, ainda antes de ser transferido para Guantánamo. Defensores dos Direitos Humanos dizem que ainda há 241 detidos na prisão que Obama se comprometeu a encerrar.