Última hora

Última hora

Peritos propõem mais supervisão do sistema financeiro

Em leitura:

Peritos propõem mais supervisão do sistema financeiro

Tamanho do texto Aa Aa

Um sistema de supervisores financeiros e um concelho de risco sistémico. Estas são as duas novas entidades propostas pelo grupo de peritos encarregado pela União Europeia de analisar o mundo das finanças.

Jacques de Larosière, antigo director-geral do FMI e líder do grupo de peritos, apresentou a proposta à Comissão: “Penso que se a Europa conseguir criar este sistema, que não é complicado, isso pode ser feito rapidamente, tal como o Banco Central Europeu o deseja. Se o fizermos, teremos uma credibilidade face às instâncias internacionais que não temos actualmente.” No exterior da Comissão, um grupo de activistas da ONG Friends of the Earth – Amigos da Terra – aproveitou para manifestar o seu descontentamento. Acusam o grupo de peritos de defenderem os seus próprios interesses e não os dos europeus. “A indústria financeira teve sempre uma grande influência nas políticas da Comissão Europeia. A Comissão, basicamente, faz o que os bancos lhe dizem – e isso está reflectido neste grupo de peritos”, diz Paul de Clerck, um manifestante. Apesar do descontentamento dos manifestantes, o texto dos peritos deverá ser analisado pelos Estados membros e pelo Parlamento Europeu. Se estiverem de acordo, as duas novas entidades podem ser criadas em 2011 e 2012.