Última hora

Última hora

Bispo negacionista pede desculpa

Em leitura:

Bispo negacionista pede desculpa

Tamanho do texto Aa Aa

Richard Williamson pediu perdão a todos aqueles que se possam ter sentido magoados por ter negado a existência do Holocausto.

O bispo integrista britânico chegou a Londres, na terça-feira, depois de ter recebido ordem de explulsão da Argentina, país onde residia desde 2003, devido às suas declarações negacionistas. Williamson, de 68 anos, é membro da Irmandade S. Pio X, um grupo de prelados considerado extremamente conservador, que contesta, nomeadamente, o Concílio Vaticano II e as suas propostas de reconciliação entre católicos e judeus. A pertença a este grupo levou João Paulo II a decretar a sua excomunhão. As suas polémicas declarações sobre a negação do Holocausto foram proferidas numa entrevista à televisão sueca SVT, no dia 01 de Novembro de 2008. No entanto, a entrevista só foi difundida a 21 de Janeiro de 2009, três dias antes do Vaticano anunciar oficialmente o levantamento da sua excomunhão. Uma decisão tomada pelo Papa Bento XVI e muito contestada. Devido à pressão internacional, o Sumo Pontífice pediu ao bispo inglês que se retractasse, o que este recusou.