Última hora

Última hora

Novo presidente para salvar UBS

Em leitura:

Novo presidente para salvar UBS

Tamanho do texto Aa Aa

O banco Suíço UBS aposta no antigo presidente do Crédit Suisse para sair da delicada situação financeira em que se encontra e recuperar a confiança dos seus clientes.

Oswald Grübel, de 65 anos e com uma vasta carreira no sector bancário foi anunciado esta quinta-feira como o novo patrão do banco. Reconhecendo as dificuldades da tarefa que aceitou, Grübel não fez promessas imediatas: “Acredito num UBS forte e num Crédit Suisse forte. Precisamos dos dois bancos fortes. Eu só comecei hoje e precisarei de vários anos para trazer ao UBS os lucros que costumava ter”. Grübel ocupa agora o cargo deixado por Marcel Rohner, que tinha anunciado no princípio do ano a intenção de se demitir. A mudança na direcção do banco não causou surpresa, o que surpreendeu os analistas foi a escolha feita pelo UBS. O nome de Grübel tem sido sempre associado ao Crédit Suisse em mais de três décadas de carreira. Os meios políticos aprovaram a nomeação. A palavra de ordem de Grübel é: “redução de custos”