Última hora

Última hora

Queda de avião turco com causas ainda desconhecidas

Em leitura:

Queda de avião turco com causas ainda desconhecidas

Tamanho do texto Aa Aa

Permanece a incógnita sobre as causas da queda de um avião turco ontem a cerca de 3 km do aeroporto de Amesterdão, na Holanda.

Uma falha mecânica, a falta de carburante ou ainda uma rajada de vento são apontados como possíveis motivos para o acidente. A caixa negra do Boeing 737-800 já foi recuperada mas o inquérito pode ainda demorar várias semanas. 9 mortos e mais de 80 feridos é para já o balanço do acidente. O aparelho da Turkish Airlines que fazia a ligação de Istambul à cidade holandesa transportava 127 passageiros e 7 tripulantes. Segundo relatos de sobreviventes, o avião fazia uma aproximação normal à pista do aeroporto de Schiphol quando bruscamente se despenhou. Familiares das vítimas chegaram entretanto a Amesterdão e estão a receber apoio psicológico. Entre os feridos 25 estão em estado grave e 6 em estado crítico. O facto de o avião não se ter incendiado ajudou a evitar uma tragédia maior, segundo o ministro turco dos transportes que considerou ser “um milagre” que a maioria dos passageiros tenha sobrevivido. O acidente levou ao encerramento temporário de 2 das 4 pistas do aeroporto de Schiphol, o quinto maior da Europa em número de passageiros.