Última hora

Última hora

Bascos e galegos elegem novos governos regionais

Em leitura:

Bascos e galegos elegem novos governos regionais

Tamanho do texto Aa Aa

No País Basco, os socialistas esperam acabar com 29 anos de supremacia política do Partido Nacionalista Basco (PNV).

Nas últimas sondagens, o PNV, liderado pelo presidente da região autonómica, Juan José Ibarretxe, e o PSE, chefiado por Patxi Lopez, surgem taco a taco. O PNV obtém entre 26 e 27 deputados, contra os actuais 29, enquanto o PSE passa de 18 para 26. Perante este cenário, o vencedor será obrigado a procurar alianças. Pela primeira vez, as eleições bascas não contam com nenhuma formação política, alegadamente próxima da ETA, mas a organização terrorista assombrou a campanha, com alguns atentados. Bem mais calmo é o ambiente no País Basco, onde a Direita ambiciona voltar ao poder. O PP pretende desalojar do poder os socialistas de Emilio Touriño, que desde 2005 governam aliados ao Bloco Nacionalista Galego (BNG). As eleições serão, por isso, também um teste para o líder da oposição, Mariano Rajoy.