Última hora

Última hora

Obama confirma retirada do Iraque

Em leitura:

Obama confirma retirada do Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Obama confirmou que as operações militares norte-americanas, no Iraque, terminam em Agosto de 2010.

Nessa altura, grande parte dos efectivos regressa aos Estados Unidos. No Iraque, vai permanecer um contingente de 35 a 50 mil homens, com a missão de treinar as forças iraquianas. Esta sexta-feira, Obama explicou que as tropas americanas cumpriram já os objectivos da missão e não se justifica que fiquem muito mais tempo, apenas para controlar as ruas de Bagdad. Do lado dos militares, a satisfação é grande. Porque agora, já vêem a luz ao fundo do túnel, com diz um sargento dos marine “A minha grande satisfação é que agora há datas. Ele tem um plano, com objectivos e com datas e isso é fantástico, porque já existiram outros planos de saída, mas sem datas”. As reacções políticas, são cautelosas: “Com base nas condições no terreno, estou cautelosamente optimista, com o plano de retirada e que o presidente o possa liderar com sucesso”, disse John McCain. Uma promessa eleitoral que agora se começa a cumprir. A retirada das forças do Iraque e um refoço dos efectivos estacionados no Afeganistão. Mas Obama advertiu que a segurança ainda não está garantida e, portanto, ainda prevê dias difíceis, para os soldados norte-americanos.