Última hora

Última hora

País Basco e Galiza preparam-se para as eleições regionais

Em leitura:

País Basco e Galiza preparam-se para as eleições regionais

Tamanho do texto Aa Aa

A campanha eleitoral galega foi afectada por uma série de escândalos, enquanto a basca voltou a ficar marcada pelos atentados da ETA.

Pela primeira vez, a esquerda radical não está representada nas eleições autonómicas do País Basco, onde os socialistas esperam acabar com 29 anos de supremacia política do PNV. Nas últimas sondagens, o Partido Nacionalista Basco, liderado pelo presidente da região, Juan José Ibarretxe, e o PSE, chefiado por Patxi Lopez, surgem taco a taco. O PNV obtém entre 26 e 27 deputados, contra os actuais 29, enquanto o PSE passa de 18 para 26. Perante este cenário, o vencedor será obrigado a procurar alianças. Do País Basco, para a Galiza, onde o líder do PSOE e primeiro-ministro espanhol esteve sexta-feira a apoiar Emílio Tourinho, actual presidente do Governo galego. Os socialistas lideram a Junta da Galiza desde as últimas eleições, em coligação com o Bloco Nacionalista Galego. Mas as últimas sondagens colocam o Partido Popular à beira da maioria absoluta.