Última hora

Última hora

Abriu as portas o primeiro tribunal internacional antiterrorista

Em leitura:

Abriu as portas o primeiro tribunal internacional antiterrorista

Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Especial para o Líbano, encarregado de julgar os presumíveis autores de ataques terroristas, abriu oficialmente, no domingo, em Haia.

“O Tribunal Especial para o Líbano é distinto de outros tribunais criminais internacionais. Um procurador internacional e um vice-procurador libanês vai liderar a investigação e as acusações”, disse a subsecretária-geral da ONU para Assuntos Legais, Patricia O’Brien. Centenas de pessoas concentraram-se junto ao túmulo de Hariri, em Beirute, para assinalar a abertura do Tribunal Especial. O ex-primeiro-ministro libanês, Rafic al-Hariri, e outras 22 pessoas morreram num atentado em 2005. “É o início da verdade, da justiça e eu acho que esta é uma página que se abre na história do Líbano. Uma página de Justiça, o fim da impunidade e é uma lição para muitos regimes que nos rodeiam, no Médio Oriente”, afirmou Marwan Hamadeh, um deputado libanês, alvo de um atentado bombista em Beirute, há cinco anos. Não há data para a primeira sessão do julgamento, já que as investigações ainda estão em curso.