Última hora

Última hora

Líbano congratula-se com começo do julgamento do assassínio de Hariri

Em leitura:

Líbano congratula-se com começo do julgamento do assassínio de Hariri

Tamanho do texto Aa Aa

Há muito que Beirute esperava pelo início do julgamento dos acusados do assassinato do antigo primeiro-ministro libanês, Rafik al-Hariri.

Os libaneses pedem ao Tribunal Especial para o Líbano que faça justiça. “Não haverá vida no Líbano, nem lugar para segurança, se este tribunal falhar no julgamento dos assassinos de Al-Harriri”, afirma uma libanesa. O antigo primeiro-ministro e outras 22 pessoas foram vítimas da explosão de um carro armadilhado, há quatro anos. “Este é um dia bonito para nós e um dia pelo qual temos esperado impacientemente. Portanto, nós queremos que o Tribunal não demore muito tempo e que chegue rapidamente a um veredicto”, diz Walid Abul Hassan, residente em Beirute. Quatro generais libaneses estão presos por alegada participação no atentado. Outros três detidos desde 2005 foram colocados em liberdade há alguns dias.