Última hora

Última hora

Abbas diz que reconstrução de Gaza é indissociável de processo de paz

Em leitura:

Abbas diz que reconstrução de Gaza é indissociável de processo de paz

Tamanho do texto Aa Aa

Ajuda para a reconstrução de Gaza, mas também a procura de uma solução para o conflito israelo-palestiniano.

A Autoridade Palestiniana espera arrecadar na conferência de doadores internacionais em Charm El-Sheik, no Egipto, dois mil e duzentos milhões de euros para a recuperação do território palestiniano e do seu próprio défice orçamental. Tal como os Estados Unidos, que prometeram mais de setecentos milhões de euros, Mahmud Abbas sublinhou que as ajudas são indissociáveis do processo de paz. O presidente da Autoridade Palestiniana defende que “os esforços de reconstrução serão insuficientes sem uma resolução política” do conflito com Israel. A Comissão Europeia prometeu na semana passada mais de quatrocentos milhões de euros, enquanto os países árabes prevêem doar mil e trezentos milhões de euros em ajudas. Ausente da conferência, o Hamas reagiu desde Gaza. Isolado, o movimento islâmico – rival da Fatah de Abbas – pediu aos países doadores para “procurarem a melhor maneira de enviar directamente as ajudas aos cidadãos palestinianos, sem entrarem no conflito interno”. No terreno, o cenário de destruição é omnipresente, seis semanas depois do fim da ofensiva israelita. As Nações Unidas sublinham como prioritária a abertura dos pontos de passagem para a Faixa de Gaza, bloqueados por Israel.