Última hora

Última hora

HSBC procura recapitalização na bolsa

Em leitura:

HSBC procura recapitalização na bolsa

Tamanho do texto Aa Aa

Com lucros em baixa de 62% relativamente ao ano passado, o maior banco da Europa, HSBC, apresentou, esta segunda-feira, um plano de combate à crise que passa por um forte aumento de capital, redução de custos e abandono de operações no mercado americano.

Na prática, o HSBC vai emitir mais de 5,5 mil milhões de acções para 14 mil milhões de euros de capitalização; vai suprimir 6100 empregos e vai encerrar as operações ao consumo nos Estados Unidos. Ao fim da manhã, em conferência de imprensa, em Londres, o presidente do banco explicava: “Já não há viabilidade para os créditos ao consumo, por isso o HSBC anuncia hoje que vai acabar com esse tipo de operações através do HFC e as suas sucursais nos Estados Unidos. Vamos encerrar a maior parte das sucursais e tentar vender os nossos portofólios de créditos de bens imobiliários”. O HSBC perdeu 15,5 mil milhões de dólares no ano passado, dois terços dos quais devido à compra da sociedade americana de crédito ao consumo Household. Mas é considerado um dos bancos de maior capitalização no mundo, e não recorreu até agora a qualquer ajuda do estado.