Última hora

Última hora

TPI emite ordem de captura contra presidente do Sudão

Em leitura:

TPI emite ordem de captura contra presidente do Sudão

Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Penal Internacional emitiu um mandado de captura contra Omar Hassan al-Bashir.

Na primeira ordem de prisão que visa um chefe de Estado em funções, o presidente do Sudão é acusado de crimes de guerra e crimes contra a humanidade, pela condução de uma campanha de violência no Darfur marcada por assassinatos, torturas, violações, pilhagens e ataques directos contra a população civil. Karthoum rejeitou rapidamente o mandado, sublinhando que não vai entregar al-Bashir. O procurador do TPI, Luís Moreno-Ocampo afirma que “se o Governo do Sudão não executar a ordem de captura, o Conselho de Segurança da ONU terá de garantir a conformidade. O Sudão não pode opor-se ao Conselho de Segurança, nem ao TPI. Mas, se entretanto al-Bashir viajar no espaço aéreo internacional, pode ser interceptado e detido”. Apesar das declarações de Ocampo, a diplomacia sudanesa já fez saber que al-Bashir pretende comparecer na cimeira de países árabes que se realiza este mês no Qatar. A China, a União Africana e a Liga Árabe temem que o mandado destabilize a região, aprofunde o conflito no Darfur e ameace um já difícil processo de paz entre Norte e Sul do Sudão. O TPI deixou de fora, pelo menos para já, as acusações de genocídio. No terreno, sentem-se os primeiros sinais de um aumento nas tensões. Representantes das Nações Unidas referem um reforço da presença de militares sudaneses na região do Darfur.