Última hora

Última hora

Berlusconi lança ponte com a Sicília devido a uma crise que não é trágica

Em leitura:

Berlusconi lança ponte com a Sicília devido a uma crise que não é trágica

Tamanho do texto Aa Aa

A Itália lança-se nos grandes projectos de obras públicas para sair de uma crise que não é trágica, assegura o primeiro-ministro.

O governo chefiado por Silvio Berlusconi desbloqueou 17 mil e 800 milhões de euros para projectos como o da ponte sobre o estreito de Messina que vai ligar a Sicília ao continente. O custo da obra está estimado em seis mil milhões de euros mas apenas vai absorver mil e trezentos milhões deste pacote. A infraestrutura é uma promessa eleitoral e quando estiver concretizada será a maior ponte suspensa do mundo. O primeiro-ministro e magnata dos media, Silvio Berlusconi, aproveitou a ocasião para explicar que a crise é grave mas que alguns meios de comunicação social “exageram” ao qualificar a crise actual de “trágica”, o que é contra o interesse comum. No ano passado o produto interno bruto recuou um por cento, o que foi a maior contração da economia Itália desde 1975. As previsões do banco central apontam para uma quebra de 2,6 por cento para 2009.