Última hora

Última hora

Clinton defende alternativas verdes

Em leitura:

Clinton defende alternativas verdes

Tamanho do texto Aa Aa

A crise constitui uma oportunidade para criar economias mais ecológicas.

Palavras da secretária de Estado norte-americana durante a visita ao Parlamento Europeu, em Bruxelas. Hillary Clinton considera que é tempo de alterar modelos e de apostar em alternativas verdes. A mudança de atitude dos Estados Unidos – um dos um dos principais produtores de gases com efeito de estufa – renova as esperanças de um possível um acordo na cimeira de Copenhaga, em Dezembro. Clinton considera que é tempo de poupar recursos e alihar posições. A secretária de Estado norte-americana defende a criação de um mercado de energia único e uma diversificação dos fornecedores de gás. Clinton elogiou, ainda, a forma como a Europa conduziu o diferendo entre a Rússia e a Ucrânia na última crise do gás. Uma intervenção, que adianta, pode voltar a ser necessária. Ontem Moscovo ameçou cortar o abastecimento de gás a Kiev na sequência de uma dívida relativa a Fevereiro. Em Bruxelas, Clinton condenou, sem referir nomes, o uso da energia para fins políticos.