Última hora

Última hora

Tensão na península coreana

Em leitura:

Tensão na península coreana

Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Sul exigiu a Pyongyang que retire a ameaça sobre os seus voos comerciais. Ontem o regime de Kim Jong Il afirmou que não poderia garantir a segurança dos aviões sul-coreanos que voem sobre o mar do Japão. A Coreia do Norte planeia efectuar o lançamento de um satélite de comunicações. Seul e os aliados dizem tratar-se do teste de um míssil de longo alcance. As companhias aéreas do sul da península alteraram as rotas mas as transportadoras japonesas e a Air China não pensam fazê-lo, por enquanto.

A ameaça norte-coreana surge antes das manobras militares da Coreia do Sul e dos Estados Unidos no Mar do Japão, que começam na segunda-feira. Hoje realizou-se na zona desmilitarizada uma reunião de 45 minutos, a primeira em sete anos, entre generais do norte e a força da ONU comandada por americanos. A tensão está ao rubro e um pequeno incidente pode desencadear uma agressão em maior escala. O almirante que comanda a frota americana do Pacífico afirmou ter os meios necessários para reagir ao lançamento do míssil norte-coreano.