Última hora

Última hora

Omar el-Bashir visita Darfur e ameaça expulsar mais ONG's

Em leitura:

Omar el-Bashir visita Darfur e ameaça expulsar mais ONG's

Tamanho do texto Aa Aa

Em sinal de provocação a grande parte da comunidade internacional, Omar el-Bashir deslocou-se a El Fasher, capital do Darfur. Uma multidão de apoiantes recebeu em festa o presidente sudanês, alvo de um mandado de captura do Tribunal Penal Internacional (TPI).

A visita de Bashir é vista como uma provocação, após a expulsão de 16 organizações humanitárias, acusadas de ligações ao TPI. Mas Bashir vai mais longe e ameaça expulsar mais ONG’s, diplomatas e mesmo as forças da ONU no Sudão. A expulsão de agências humanitárias vai dificultar o trabalho das organizações que ficaram no Darfur, onde seis anos de guerra fizeram mais de 300 mil mortos e quase três milhões de refugiados, segundo a ONU. Omar el-Bashir é acusado pelo TPI de crimes de guerra e contra a humanidade, por fomentar as atrocidades cometidas no Darfur. Cartum diz que as suas organizações vão ocupar o espaço deixado vago, mas a ONU diz ser impossível. Das 85 organizações internacionais no terreno, as 16 expulsas distribuíam quase metade da ajuda alimentar e médica. Mais de um milhão de pessoas serão afectadas e a ONU teme novos fluxos de refugiados, que ficarão mais expostos aos combates.