Última hora

Última hora

Cartum liberta o único opositor do presidente sudanês

Em leitura:

Cartum liberta o único opositor do presidente sudanês

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades sudanesas libertaram este domingo o líder islamita da oposição, Hassan al-Turabi.

O presidente do Partido do Congresso Popular e crítico do chefe de Estado sudanês foi detido há dois meses, depois de ter comentado que Omar Al-Bashir devia entregar-se à justiça. As autoridades sudanesas não deram nenhuma explicação para a libertação de Al-Turabi, antigo aliado do Presidente e agora o seu principal opositor. O Tribunal Penal Internacional (TPI) emitiu um mandado de captura contra o chefe de Estado sudanês, acusado de crimes de guerra e contra a humanidade no Darfur. Em sinal de provocação, al-Bashir deslocou-se a El Facher, a capital do Darfur e ameaçou explusar mais ONG’s, diplomatas e mesmo as forças da ONU do Sudão. Como resposta ao mandado do TPI, Cartum decidiu expulsar 13 organizações não governamentais a operar no território. Estima-se que mais um milhão de pessoas vão ser privadas de comida, água e cuidados de saúde. Um dos grupos expulsos, os Médicos sem Fronteiras deviam começar esta semana, em Nyala, uma campanha de vacinação contra o surto de meningite que assola o Darfur.