Última hora

Última hora

Irlanda do Norte: cidadãos fazem silêncio em sinal de apoio ao processo de paz

Em leitura:

Irlanda do Norte: cidadãos fazem silêncio em sinal de apoio ao processo de paz

Tamanho do texto Aa Aa

Várias manifestações silenciosas percorreram as ruas da Irlanda do Norte, para condenar os atentados que mataram dois soldados e um polícia e para apoiar o processo de paz.

Gordon Brown garantiu que a população norte-irlandesa não permitirá que uns dissidentes destruam o processo. “No Norte da Irlanda assistimos a uma unidade tal entre todos os partidos políticos, que algumas pessoas nunca pensaram ser possível durante as suas vidas”, disse na sessão semanal de perguntas ao primeiro-ministro britânico, na Câmara dos Comuns. Na quarta-feira, prosseguiu o interrogatório de dois homens de 37 e 17 anos, detidos em Craigavon, cidade próxima de Belfast, onde foi assassinado um polícia, na segunda-feira. O homicídio foi reivindicado pelo IRA-Continuidade. Dois dias antes, outro grupo dissidente, o IRA-Verdadeiro, realizou um atentado contra a base militar de Massereene, matando dois soldados.