Última hora

Última hora

Indústria do turismo não quer ser esquecida em tempos de crise

Em leitura:

Indústria do turismo não quer ser esquecida em tempos de crise

Tamanho do texto Aa Aa

É a maior feira internacional do turismo e abriu as portas esta quarta-feira, em Berlim. No primeiro dia da ITB alguns dos principais actores do sector fizeram questão de lançar um apelo para que a indústria do turismo seja tida em conta nos planos nacionais de recuperação económica.

O sector tem vindo a sofrer as consequências da crise. Doerte Bortfeldt é analista e refere que actualmente “as pessoas estão a reservar diferentes tipos de viagens, como por exemplo estadas curtas ou viagens caras. Sobretudo as viagens caras porque os clientes ricos são menos afectados pela crise.” Para o secretário-geral adjunto da Organização Mundial do Turismo, Taleb Rifai, não se trata de pedir ajudas específicas, como para a indústria automóvel ou para a banca, mas é preciso não esquecer que esta indústria tem um peso significativo em sectores como os transportes, a restauração ou ainda a construção. A ITB reúne mais de 11 mil expositores que representam 187 países.