Última hora

Última hora

Eurovinheta sim, pagar o custo dos engarrafamentos não

Em leitura:

Eurovinheta sim, pagar o custo dos engarrafamentos não

Tamanho do texto Aa Aa

Os eurodeputados pronunciaram-se em primeira leitura a favor do princípio do poluidor-pagador, aplicado aos camiões. Os camiões de mais de 3,5 toneladas deverão, no futuro, pagar uma eurovinheta, cujas receitas servirão para financiar projectos que favoreçam a mobilidade sustentável.

No entanto, uma alteração proposta pelo Partido Popular, e aprovada por maioria, deitou por terra a tentativa da Comissão Europeia de contabilizar, no preço da eurovinheta, os custos ambientais dos engarrafamentos. Os eurodeputados estimam que os engarrafamentos não têm como única causa os transportes rodoviários. Bruxelas defende, por seu lado, que, com este sistema, seria possível modular os horários de circulação dos camiões.