Última hora

Última hora

Berlim e Paris falam a uma só "voz" na cimeira do G-20

Em leitura:

Berlim e Paris falam a uma só "voz" na cimeira do G-20

Tamanho do texto Aa Aa

Os dois grandes pilares da construção europeia assumem uma posição comum nas principais linhas de força para reformar o sistema financeiro internacional e prevenir a repetição de uma crise como a que se vive actualmente.

Em Berlim, a chanceler alemã, Angela Merkel, recebeu o presidente francês, Nicolas Sarkozy, num 11º conselho de ministros franco-alemão destinado, essencialmente, a preparar a cimeira do G-20 em Londres. “A nossa posição é completamente idêntica. Trata-se de se realizar o plano de acção de Washington. Ou seja introduzir a regulação e transparência nos mercados financeiros e reforçar as instituições multinacionais e tudo fazer para que uma crise como esta não se repita”, declarou Merkel. “Em Londres pretendemos resultados. Será que existe o mesmo voluntarismo e o mesmo entusiasmo? Esperamos que sim, mas se não for esse o caso, decidimos que a Alemanha e a França falarão a uma só voz e darão a entender a mesma força”, sublinhou Sakorzy. Berlim e Paris defenderam ainda um mecanismo de sanções contra os paraísos fiscais. Os dois dirigentes consideraram também ser crucial a entrada em vigor do Tratado de Lisboa antes do final do ano.