Última hora

Última hora

Juíz decreta prisão imediata para Bernard Madoff

Em leitura:

Juíz decreta prisão imediata para Bernard Madoff

Tamanho do texto Aa Aa

Um juíz de Nova Iorque decretou a prisão imediata de Bernard Madoff, depois do financeiro norte-americano ter assumido a culpa em 11 delitos graves relacionados com uma fraude gigantesca contabilizada em 50 mil milhões de dólares.

Madoff deixará assim de estar em prisão domiciliária e passará para um estabelecimento de detenção até ao dia 16 de Junho, data em que deverá ser emitida a sentença dos crimes pelos quais é julgado. O procurador de Nova Iorque vai pedir uma pena de 150 anos de prisão para o financeiro norte-americano. Para algumas das vítimas da fraude, Madoff não é o único responsável no caso. Depois de ter perdido todos os investimentos, Laura Stein diz que os investidores “devem ter cuidado. Hoje em dia, não é preciso um Bernard Madoff para se encontrarem com problemas graves. As agências reguladoras não estão a fazer o seu trabalho”. As vítimas da mega-fraude são contabilizadas à escala mundial, entre as quais alguns dos principais bancos europeus. Em Portugal, estarão em causa cerca de 120 milhões de euros.