Última hora

Última hora

Relatório sobre candidatos mostra três países bem diferentes

Em leitura:

Relatório sobre candidatos mostra três países bem diferentes

Tamanho do texto Aa Aa

Os progressos da Turquia na via da adesão à União Europeia são insuficientes. O governo turco tem de demonstrar vontade política e continuar as reformas democráticas com as quais se comprometeu. Este é o teor do relatório anual sobre os progressos dos países candidatos, aprovado esta quinta-feira pelo Parlamento Europeu. O documento faz um resumo da situação dos três países candidatos: para além da Turquia, a Antiga República Jugoslava da Macedónia e a Croácia.

O texto refere que, desde o início das negociações, em 2005, a Turquia só abriu 10 dos 35 capítulos e só conseguiu encerrar um e o diferendo com Chipre continua a bloquear uma parte das negociações. A situação croata é bem diferente. Os eurodeputados manifestaram-se confiantes nas negociações de Zagreb, sobretudo agora que o governo aceitou a mediação europeia no conflito fronteiriço que o opõe à Eslovénia. Ljubljana vetou a abertura de certos capítulos das negociações da vizinha Croácia. Os deputados esperam que a situação possa, em breve, ser desbloqueada. Quanto à Macedónia, candidata desde 2005, os eurodeputados apelam ao governo de Skopje para que garanta que as eleições presidenciais e municipais de 22 de Março e 15 de Abril respeitem as normas internacionais, condição ‘sine qua non’ para a abertura das negociações.