Última hora

Última hora

Paranóia de ataques a escolas invade Alemanha

Em leitura:

Paranóia de ataques a escolas invade Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha está a ser invadida por ameaças de ataques às escolas. As autoridades têm recebido várias ameaças por telefone e internet obrigando a polícia a actuar. Duas pessoas foram já detidas, por falso alarme. Uma escola foi mesmo evacuada.

“Ontem à noite detectámos indicios numa sala de conversação da internet que um tiroteio estava previsto ocorrer em Ilsfeld. A polícia leva a sério estes avisos e ameaças… por isso esta manhã tomámos as devidas precauções”, declarou um polícia no Estados Baden-Wurtemberg. Quanto às investigações, referentes ao massacre de quarta-feira, a polícia chegou à conclusão que era falsa, a mensagem atribuída ao jovem atirador que abateu 15 pessoas. Uma mensagem lida em público pelo próprio ministro estatal do Interior em que o jovem de 17 anos jusitificava o ataque por ser discriminado pelos colegas. A origem do texto está a ser investigada. O que de facto se sabe é que Tim Kretschmer fez uso de uma arma da colecção pessoal do pai, uma Beretta, para semear a morte na antiga escola. Chegou a estar internado numa clinica psiquiátrica por depressão. A polícia anunciou que no seu computador foram encontrados jogos de combate armado, habitualmente utilizados por psicopatas do género. Na escola, onde foram abatidas 12 das 15 vítimas muitos fazem questão de prestar homenagem áqueles que foram abatidos sem dó nem piedade.