Última hora

Última hora

Receio e insegurança entre os refugiados do Darfur

Em leitura:

Receio e insegurança entre os refugiados do Darfur

Tamanho do texto Aa Aa

Uns soldados partem, outros chegam para dar esperança aos 17 mil refugiados que, no campo de Djabal, tentam sobreviver.

É sobretudo gente que veio do Darfur fugindo à fúria das milícias Djandjaweed que nos últimos seis anos têm feito ravagem nas suas regiões de origem. Estes refugiados acalentam a esperança de regressar a casa quando as milicias forem aniquiladas. Este homem afirma que “se al Bashir for preso, as Djandjaweed ficarão sem apoio porque os rebeldes recebem as armas, a comida e tudo o que precisam de Al Bashir”. O mandado de captura lançado pelo Tribunal Penal Internacional contra o presidente sudanês é, para estes milhares de pessoas que já perderam tudo, uma boa notícia. Mas a possível detenção de Al Bashir cria fortes receios. A União Europeia e a ONU temem que o Chade se veja inundado de muitos milhares de outros refugiados se al Bashir vier a ser detido e punido pela comunidade internacional, com afirma o responsável de um dos campos: “Existe uma possibilidade que face a essa falta de protecção e de assistência, esses milhares de pessoas decidam cruzar a fronteira e vir para território chadiano.” A situação é dificil de gerir, tanto mais que o Chade começa a estar saturado e o governo diz alto e bom som que não está disposto a acolher mais refugiados. As autoridades de N’Djamena consideram que o país está a ser atacado pela mílicias por causa dos refugiados. “O Chade pensa e a União e a Comissão também já o disseram, que os grupos rebeldes chadianos que atacam no território estão a ser apoiados pelo Sudão”, diz o delegado da Comissão Europeia no país. O Chade vai mesmo mais longe e pede a deslocalização de cerca de 240 mil refugiados do Darfur para fora do seu território, mas só no passado fim-de-semana chegaram mais 12 mil pessoas aos campos do leste do país. Actualmente entre a região leste do Chade e o nordeste da república Centro-Africana existe quase meio milhão de refugiados do Darfur.