Última hora

Última hora

Manifestação contra desemprego

Em leitura:

Manifestação contra desemprego

Tamanho do texto Aa Aa

Os organizadores dizem que foram mais de 200 mil pessoas que, esta sexta-feira, encheram, as ruas centrais de Lisboa, em protesto contra a política do Governo de José Sócrates.

Tendo a crise como pano de fundo, os manifestantes acusaram o Primeiro-Ministro de mentir e usaram o humor, para dizer que já não ganham, para viver e que temem o futuro. A CGTP, que convocou o protesto, diz que foi a maior manifestação de sempre. Juntou, sobretudo, a administração pública e trabalhadores de muitas empresas, onde o estado detém parte do capital social. O desemprego e a crise económica estiveram no centro das preocupações. A manifestação começou no Marquês de Pombal e acabou na Praça dos Restauradores, onde o lider da central sindical, Carvalho da Silva, criticou a política do governo de Sócrates. Noutras cidades de Portugal, também houve manifestações, reclamando uma mudança de política.