Última hora

Última hora

Morreu Alain Bashung

Em leitura:

Morreu Alain Bashung

Tamanho do texto Aa Aa

Calou-se a voz de “Gaby oh Gaby” e de “Vertigem do Amor”. Alain Bashung morreu esta sábado, aos 61 anos, de cancro de pulmão.

A França chora o fim de um dos seus ídolos mais populares. Fez uma longa carreira que começou nos gloriosos anos 60 e se prolongou até 28 de Fevereiro, altura da sua ultima aparição pública, para receber um prémio. Multifacetado, escreveu canções de grande exigência poética e rigor musical, que alternou com outras de gosto mais popular, mais orelhudas, como dizem os músicos. Fez incursões pelo cinema, onde deixou a sua própria biografia, que continha o sonho inconfessável de ser um gangster. Como deixou escrito numa canção, acreditou sempre na vitória da música. Na sua última aparição em palco, há duas semanas Allain Bashung foi lapidar: “Um dia falarei menos, até ao dia em que não falarei mais”.