Última hora

Última hora

Violência de regresso à Irlanda do Norte

Em leitura:

Violência de regresso à Irlanda do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

Dois oficiais de políicia foram atacados com coquetailes Molotov, nosarredores de Belfast.

O ataque foi uma reacção à prisão de um suspeito de envolvimento na morte de dois soldados ingleses, há uma semana. A polícia fez algumas detenções, na sequência ds sucessão de coquetailes atirados contra as forças de segurança. Os incidentes ocorreram em Lurgan, a sudoeste de Belfast, junto à residência de Colin Duffy, o dirigente detido. Com 41 anos, Collin Duffy afastou-se do Sinn Fein, depois do entendimento, em 2007, deste partido católico com os unionistas do DUP. A polícia quer interrogá-lo, para esclarecer o atentado que matou os dois militares. Um atentado reivindicado já pelo “Verdadeiro Ira”, uma formação de dessidentes do IRA. Para além de Colin Duffy, a polícia prendeu duas outras pessoas, cujas identidades não foram ainda reveladas. São igualmente suspeitos de participação no atentado da semana passada. O Sinn Fein tem feito sucessivas declarações, a deplorar o regresso da violência. As agressões aos agentes policiais têm sido uma constante. São grupos de jovens de cara tapada que atacam os agentes com pedras. Este sábado, passaram para os coquetailes incendiários.