Última hora

Última hora

Brown rejeita recomendações para combater alcoolismo

Em leitura:

Brown rejeita recomendações para combater alcoolismo

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico rejeitou a proposta das autoridades sanitárias de aumentar o preço das bebidas espirituosas para combater o alcoolismo.

No relatório anual apresentado hoje, as autoridades médicas preconizam a adopção de medidas similares às postas em prática na Escócia para evitar as ofertas promocionais de álcool. O texto defende a aplicação de uma sobretaxa à cerveja, bebidas brancas e vinho, consoante o grau de alcoolismo, que em alguns casos duplicaria o preço actual. Gordon Brown rejeitou a medida, considerada impopular, afirmando, “não queremos que a maioria dos consumidores de álcool moderados e responsáveis paguem pelos excessos de uma pequena minoria”. O texto foi também rejeitado pelos lobbies dos produtores e distribuidores de bebidas espirituosas que se queixam já dos efeitos da crise económica. Os custos do abuso do álcool ascendem a mais de 25 mil milhões de euros para o erário público. 400 mil pessoas são hospitalizadas anualmente, mil das quais têm menos de 14 anos. O presidente conservador da câmara de Londres tinha decidido em Junho proibir o consumo de bebidas espirituosas nos transportes públicos para tentar combater o fenómeno do alcoolismo juvenil.