Última hora

Última hora

Pai incestuoso começa a ser julgado

Em leitura:

Pai incestuoso começa a ser julgado

Tamanho do texto Aa Aa

As televisões internacionais estão na pequena cidade Sankt Polten, a 60 quilómetros de Viena de Austria, onde, esta segunda-feira, começa o julgamento de uma das figuras mais odiadas do mundo.

Acusado de sequestrar, escravizar e violar a própria filha, Josef Fritzl martirizou a filha durante 24 anos e já o reconheceu, perante a justiça. Com ela, teve sete filhos. Tudo se passou na cave da residência da família Fritzl Apenas 95 jornalistas terão acesso directo às sessões do julgamento. Mas muitos outros se encontram em Sankt Polten, na expectativa de conseguiram mais pormenores sobre a sórdida criatura. Um movimento que desagrada aos moradores da pequena localidade de Amstetten, onde tudo se passou. “O nome de Amstetten só foi falado, por causa de um criminoso. Isto é muito irritante e terrível para nós que não podemos carregar este fardo”, disse um morador. O município local está assustado com tanto jornalista e difundiu uma nota de imprensa onde se diz que a localidade não é uma terra de crime, é apenas o local de um julgamento. Josef Fritzl está detido no mesmo edifício onde decorre o julgamento, com início marcado para as 7 e 30, hora de Lisboa. Está consciênte dos seus actos e não mostra qualquer sinal de arrependimento.