Última hora

Última hora

Paquistão: Nawaz Sharif apela ao fim da "longa marcha" de protestos

Em leitura:

Paquistão: Nawaz Sharif apela ao fim da "longa marcha" de protestos

Tamanho do texto Aa Aa

O principal dirigente da Oposição paquistanesa apelou aos apoiantes para pararem a “longa marcha” de protestos a favor da independência da Justiça, iniciadas por advogados paquistaneses e às quais se juntaram os partidários de Nawaz Sharif.

O ex-primeiro-ministro do Paquistão fez o apelo, depois de o Governo ter aceitado devolver a presidência do Supremo Tribunal a Iftikhar Chaudhry, demitido no final de 2007 pelo então presidente Pervez Musharraf. Uma decisão, que satisfaz a principal reivindicação dos advogados, que começaram a “longa marcha” na quinta-feira, em Karachi, e deveriam terminar segunda-feira, em Islamabad. O presidente Asif Ali Zardari, eleito há seis meses pelo Parlamento, tinha-se recusado a reintegrar o juiz, por o considerar demasiado envolvido na política e uma ameaça. Zardari temeria que o presidente do Supremo anulasse um decreto de amnistia assinado por Musharraf a seu favor.