Última hora

Última hora

Protestos agitam Fórum Mundial da Água em Istambul

Em leitura:

Protestos agitam Fórum Mundial da Água em Istambul

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Istambul acolhe desde hoje e até dia 22 o terceiro fórum mundial da água.

A reunião, promovida pelo Conselho Mundial da água, vai reunir mais de uma centena de delegações internacionais. Chefes de estado, engenheiros e ecologistas vão discutir os desafios relacionados com os recursos hidrícos face ao aquecimento global e à crise económica. Entre os temas em cima da mesa, estará a partilha das águas do rio Tigre entre o Iraque, a Turquia e a Síria, um dos principais diferendos transfronteiriços internacionais relacionados com os recursos hidricos. Ontem, centenas de organizações manifestaram-se em Istambul contra o encontro, que apontam como uma reunião dos “propietários dos recursos hídricos mundiais”. Os militantes ecologistas exigem que a água seja reconhecida como um direito humano, uma reivindicação que não está incluída na agenda de debates do fórum. Esta manhã, dezenas de manifestantes foram detidos pela polícia durante um novo protesto na cidade. Os militantes organizam um fórum alternativo na universidade Bilgi de Istambul, para promover soluções ao nível do sector público. Varias associações ecologistas prevêem que dois terços da humanidade possam ser vítimas da escassez de água até 2025. Actualmente 80% das doenças nos países pobres são devidas à má-qualidade das águas, que na maioria dos casos não são submetidas a qualquer tratamento.